Brincadeiras e Brinquedos para bebê de 0 a 3 anos. Conheça as melhores opções para cada fase de crescimento.

Crianças brincando, atividade infantil, brinquedos para bebês

As brincadeiras e brinquedos têm uma função muito importante na vida do bebê. Desde recém-nascido, o acesso às ferramentas que estimulam os sentidos e deixam o dia a dia do bebê mais divertido é essencial.

Uma verdade irrefutável para todos os seres humanos é que passamos a vida toda aprendendo. Aprendemos a fazer, a ser e ao longo da vida vamos desenvolvendo habilidades de pouco em pouco, de acordo com a idade. Mas, quando começa o processo de aprendizagem? Como ele acontece?

Bom, o processo de aprendizagem de todo ser humano começa ao nascimento e vai ser desenvolvido desde seu primeiro dia de vida. Como esse bebê vai desenvolver suas habilidades em todos os âmbitos de sua vida, vai depender de como os pais (responsáveis) contribuirão para potencializar esse aprendizado. Essa contribuição vai desde o ambiente em que esse bebê irá viver, a comida que ele será alimentado, os brinquedos que lhe serão ofertados e a educação escolar e familiar que será disponibilizada.

Quando falamos sobre brinquedos e brincadeiras, que são fundamentais para o desenvolvimento da criança, precisamos entender que para cada fase de crescimento existem recursos específicos a serem utilizados. Para lhe ajudar nessa tarefa de saber quais tipos de brinquedos e brincadeiras são ideias para cada fase de desenvolvimento do seu bebê, preparei este artigo com várias dicas.

Brincadeiras e Brinquedos para bebê de 0 a 3 meses

É isso mesmo! Mesmo um bebê bem pequenino já deve ter contato com brincadeiras que divertem e o estimule. Para um bebê recém-nascido a principal forma de diversão e interação é com brincadeiras feitas pelos pais, ou adultos, que convivem com a criança. A visão do bebê nessa fase ainda não se fixa em um objeto ou alguém, geralmente ele olha de um lado para o outro e não tem muito foco, não alcançando além de 30 centímetros de distância e, em preto e branco.

Nessa fase, o rosto de quem cuida do bebê se torna o brinquedo do momento: levantar as sobrancelhas, abrir e fechar a boca, fazer bicos e caretas, mostrar a língua, falar com um tom engraçadinho, tudo isso, para o bebê, são brincadeiras. E isto fortalece a relação dos dois.

Outro brinquedo que é importante para essa fase, de 0 a 3 meses, é o mobile de berço. A partir dos dois meses a visão do bebê já melhora e ele já enxerga colorido. E existem vários tipos e modelos de mobiles que são opções interessantes de brinquedos para o bebê. Há mobile musical que toca canção de ninar, sem música, em formatos de bichinhos de pelúcia e, muito mais. Este brinquedo é ótimo para estimular a audição e visão do bebê, além de ser lindo e ser um item decorativo que faz diferença no quartinho da criança.

E ainda temos os mordedores e as chupetas que são usadas para acalmar o nenê em momentos de estresse. Ela atende o bebê quanto a necessidade de se sentir acolhido quando não está mamando, assim como até uma fraldinha de pano (algodão), que eles adoram levar à boca.

Embora o uso de chupeta seja um hábito comum e até considerado um item essencial para levar na bolsa maternidade na hora do parto, a Sociedade Brasileira de Pediatria sugere que os pais pesem os prós e contras do seu uso antes de oferecê-las aos bebês.

Brincadeiras e Brinquedos para bebê de 4 a 6 meses

Aos 4 meses acrescente aos itens para diversão do bebê, os chocalhos e outros pequenos brinquedos que possuam texturas fáceis de segurar e que possam ser levados à boca. Por exemplo, tapete de atividades, carrinhos, bichinhos de pelúcia, mordedores de silicone etc.

Uma brincadeira divertida e estimulante para a musculatura do bebê é colocar o bebê no colo de costas para suas pernas e puxá-lo para cima e para baixo pelos bracinhos. Além de render boas gargalhadas, esse movimento vai fortalecer a musculatura do bebê e ajudá-lo a sentar mais rápido, com mais firmeza.

mamãe brincando com o bebê sorrindo

Na fase de 5 a 6 meses os brinquedos Montessori são uma opção que deve ser considerada, pois são brinquedos desenvolvidos para educar a criança de forma autônoma. Com esses brinquedos, o bebê vai aprender a reconhecer a textura dos objetos, distinguir cores, formatos e desenvolver o senso de forma natural. Estes itens são desenvolvidos baseados no Método Montessori — da educadora Italiana, médica e pedagoga Maria Montessori — que possui uma abordagem que defende o desenvolvimento livre e espontâneo da criança. Exemplos de brinquedos Montessori para bebês de 4 a 6 meses são: discos interconectados, contas de madeira, mordedor sensorial, chocalho de madeira e crochê, chocalho de madeira com argolas e chocalho redondo com bolas de madeira.

A diferença dos brinquedos Montessori para a maioria dos demais brinquedos é que são fabricados com materiais naturais que permitem explorar diferentes cores, texturas e temperaturas de forma orgânica. Esses materiais deixam a criança mais próxima da realidade, de como os objetos realmente são e, estimulam os seus sentidos como um todo.

A introdução alimentar, aos 6 meses, também pode ser uma diversão para a criança. Ao introduzir alimentos sólidos nas refeições do bebê, inicialmente, pode parecer para ele uma brincadeira muito divertida. O método BLW, por exemplo, apresenta aos pequenos os alimentos em formatos, cores, texturas e sabores variados e ajuda no seu desenvolvimento. Até o bebê aprender a comer, ele vai brincar com a comida, se divertir e estimular seus sentidos. Conheça mais sobre o Método BLW aqui!

Brincadeiras e Brinquedos para bebê de 7 a 12 meses

Nessa fase, as brincadeiras e brinquedos devem estar à vontade. O bebê já usa todas as capacidades das mãos e boca: ele senta, puxa, aperta, empurra, morde e, etc.  No quartinho, é ideal que tenha um tapete de atividades, brinquedos variados, brinquedos musicais, multifuncionais que estimulem a visão, audição e tato ao mesmo tempo.

Brinquedos de silicone, com materiais livre de substâncias tóxicas, são ótimos. Quando em formato de torres e quebra-cabeças, estimulam o bebê a enfrentar o desafio e desenvolver suas habilidades motoras de forma segura e divertida. Outros brinquedos em formato de bichinhos podem até serem usados na hora do banho, transformando o momento em uma brincadeira lúdica, divertida.

Os brinquedos montessorianos devem ser de acordo com a idade da criança. A partir dos 9 meses, os objetos devem ser mais desafiadores como, animais de madeira, carrinhos, caixa de permanência — onde o bebê coloca uma bola e observa ela desaparecer e aparecer novamente, por exemplo —, cilindros de aperto palma e pinça. Todos em madeira especial indicadas pelo método montessori. Os brinquedos vão evoluindo em tamanhos e funções de acordo com a evolução da idade da criança.

Brincadeiras e Brinquedos para bebê de 1 à 2 anos

A partir dos 12 meses de idade o bebê já tem controle dos movimentos: ele anda, corre, senta e está ávido por explorar o mundo ao seu redor e fazer novas descobertas. Os brinquedos Montessori devem fazer parte do dia a dia assim como outros brinquedos e brincadeiras também como bolas, casinha de boneca, bonecas, parquinho, esconde-esconde, leitura com os papais, livros lúdicos e, aquelas brincadeiras inventadas em determinados momentos.

Além dos brinquedos em casa para que o bebê possa ter curiosidade para descobri-los, realizar atividades que envolvam outras descobertas também faz parte da brincadeira. Levar o bebê de 1 a 24 meses ao parquinho e deixá-lo brincar, é como se você unisse alguns dos benefícios dos outros brinquedos em um só. Porém, com a vantagem de ser ao ar livre, com o bebê sentindo o vento na pele — um solzinho matinal, por exemplo — e a diversão será garantida, assim como uma boa dose de estímulo para seu desenvolvimento motor. Isso, porque os brinquedos do parquinho são diferentes dos de casa, são de materiais naturais, tem escadinhas para ele tentar subir, balanço para você brincar com ele. Enfim, é um mundo de cores, cheiros e texturas que só farão bem ao pequeno.

Quando falo de livros lúdicos, mesmo para essa idade onde muitos pais pensam que o bebê não vai entender nada do que vai ouvir, o seu uso é muito importante! Desde pequeno, ao incluir leitura de histórias ao bebê irá estimulá-lo a desenvolver o hábito da leitura quando crescer e, isso só tem benefícios a trazer.

Brincar de casinha é outro exemplo. Essa não é uma brincadeira de menina! É uma brincadeira para meninos e para meninas, onde os pais (ou responsáveis) podem ensinar a criança que não há diferença de atividades entre os sexos. A criança que brinca de casinha, onde observa ações como cozinhar e fazer tarefas de casa tende a, quando crescer, se tornar uma pessoa menos preconceituosa, mais consciente da igualdade entre as pessoas, assim como, uma pessoa que saberá que o lugar de uma pessoa, independente do sexo, é onde ela quiser.

E a bola? Será que é uma brincadeira para meninos?

Obviamente que não! Assim como brincar de casinha não deve ser uma brincadeira exclusiva para meninas, brincar de bola também não deve ser algo exclusivo para os meninos. Os benefícios de ter acesso a essas brincadeiras quando criança, nessa idade, são os mesmos independente do sexo.

Brincadeiras e Brinquedos para bebe de 2 a 3 anos

Aos 2 e 3 anos o bebê já fala tudo, já diz o que gosta e o que não gosta muito, diante do que já conhece. Além dos muitos brinquedos que a criança já tem que foram indicados para as fases anteriores, existem as evoluções dos mesmos para a nova fase, com novos desafios e adequados para o contínuo desenvolvimento da criança. Nessa fase, os brinquedos Montessori, por exemplo, devem ser de acordo com a idade. Existem novas possibilidades que são mais desafiadoras. Brinquedos de empurrar, de encaixar, onde o bebê possa montar vão estimular cada vez mais a curiosidade e estimular o desenvolvimento como um todo. E não podemos esquecer dos brinquedos musicais, de preferências os que emitem sons em línguas diferentes, português e inglês por exemplo, para já contribuir para a base de aprendizado para a criança.

Além disso, caderno/livros de pintura e giz de cera. Não é recomendado dar lápis de cor para a criança nessa fase, pois ela pode se machucar com as pontinhas dos lápis. O giz de cera possui todas as cores e é produzido com material que não machuca a criança. Tem ainda as massinhas, que são uma ótima opção para o bebê ter novas experiências com texturas diferentes. Lembrando sempre que é necessário que a criança seja supervisionada ao brincar com as massinhas, por exemplo, para não colocar na boca e correr o risco de engolir.

Dica boa é dica compartilhada!

Chego aqui com a conclusão sobre essas dicas incríveis que espero que possam ajudar você a fazer a escolha certa dos brinquedos para cada fase do seu bebê. Leia sempre a descrição dos produtos que vai adquirir, invista em cada fase de desenvolvimento do seu bebê com o melhor que você pode e, no futuro, ele lhe agradecerá e sua maior recompensa será ter um filho saudável, de corpo e mente sã.

Conheça a nossa lojinha e escolha os brinquedos perfeitos para várias fases do seu bebê.

Se você gostou das dicas, por favor deixe seu comentário. Estamos curiosos para saber o que achou e se tiver alguma dica que queira compartilhar para as demais mamães que possam ler aqui, compartilhe!

Artigo produzido por Maria Adrielia @nemcedonemtarde para o Blog Chiquititos. Texto protegido pela Lei de Direitos Autorais nº 9.610/98. Fica totalmente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem a devida autorização do autor. Para maiores informações, entre em contato com atendimento@chiquititos.com.br.

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.