Chupeta Para Bebê: O Que Considerar Antes De Decidir Oferecê-la

Chupeta para Bebê - Blog Chiquititos

A chupeta para bebê é um dos itens que a grande maioria das listas de enxovais contém. No entanto, há uma discussão sobre os benefícios e os malefícios do seu uso.

Mas você sabe como surgiu a chupeta?

Bem, a chupeta para bebê como se conhece hoje, com bico, argola e proteção, surgiu no século 19. De lá para cá o produto já passou por várias evoluções, principalmente em relação ao material de fabricação.

O motivo para a criação da chupeta foi a necessidade que os pais tinham em ter algo que acalmasse o bebê que, logo nos primeiros dias e meses de vida, apresentavam muita irritabilidade e choros sempre que não estavam mamando o peito.

E para saber quais são os prós e contras do uso da chupeta, bem como todas as informações importantes acerca do assunto, leia o artigo até o final.

Esse artigo foi preparado com base nas informações fornecidas pela Sociedade Brasileira de Pediatria a respeito desse assunto. Com isso, esperamos poder esclarecer todas as suas dúvidas sobre o uso da chupeta para bebê e, assim, a sua decisão possa ser totalmente consciente.

Para isso, vamos aprofundar mais o conteúdo e fornecer respostas claras e objetivas, certo?

Por que os bebês gostam de sugar a chupeta?

Os bebês gostam de sugar a chupeta devido a um reflexo de sucção ao qual ele já está acostumado desde quando estava no útero da mãe. Assim como acontece nas primeiras vezes que o bebê vai ser amamentado; ele busca algo para sugar, como se já soubesse o que tem que fazer, certo?  Então, essa sucção é reflexo do ambiente intrauterino. Inclusive, em algumas ultrassonografias é possível observar os bebês chupando o dedinho. Segundo pesquisas científicas, esse reflexo é muito importante para a sobrevivência e o desenvolvimento psíquico do neném. É por isso que as crianças têm a necessidade de sugar depois que veem ao mundo. Principalmente os bebês de 0 até 1 aninho de vida.

O que a sucção causa no organismo do bebê?

O ato de sugar realizado pelo bebê para obter o leite materno, por exemplo, promove a liberação de endorfina, que é um hormônio que inibe o estresse e a irritação, ou seja, ele age como um modulador da dor, da ansiedade e do humor da criança. Por isso o aleitamento materno é a solução mais recomendada para todas as necessidades dos bebês em seus primeiros meses e anos de vida.

No entanto, quando o bebê não pode ser amamentado, ou quando a mãe nem sempre pode estar com ele o tempo todo, a irritação gera gritos e choros que podem deixar os pais ou cuidadores desesperados, sem saber o que fazer. Aí é onde entra a chupeta para bebê, afinal, na maioria dos casos quando é oferecido a chupeta enquanto o neném está chorando, ele se acalma.

Qual a posição que os pais devem adotar em relação à chupeta?

Usar a chupeta para bebê deve ser uma decisão que os pais precisam tomar tendo todo o conhecimento sobre o produto. É necessário estar ciente dos benefícios e dos malefícios da sua utilização.

Por isso, a Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda que os pais tenham uma visão baseada em evidências sobre os prós e contras do uso da chupeta para bebês. E a partir disso, conversar com o seu pediatra sobre o uso do produto com a sua criança.

Quais os prós e contras do uso da chupeta?

Prós:

  • Segundo alguns especialistas, o uso da chupeta para bebê pode reduzir em até 90% o risco de morte súbita de bebês. Essa síndrome não é caracterizada como uma doença específica. Ela geralmente acontece quando um bebê com menos de 1 ano morre durante o sono, sem explicação médica. O uso da chupeta pode regular a respiração e ajudar os bebês a despertarem em caso de falta de ar. Por isso, alguns especialistas recomendam o uso da chupeta durante o sono do bebê como prevenção e diminuição dos riscos da síndrome. No entanto, é importante ter atenção a isso pois os bebês podem soltar a chupeta enquanto dormem.
  • Conforta o bebê em momentos de estresse por dar a ele a sensação de sucção e seus benefícios.

Contras:

  • A criança que usa chupeta por períodos longos tende a mamar por menos tempo. Devido ao ato de sugar a chupeta ser diferente do ato de sugar o peito, o bebê pode ter dificuldade de aprender a sugar de duas maneiras diferentes, o que pode acarretar alguns transtornos.
  • Devido a confusão causada pelas formas de sucção diferentes, o bebê pode machucar o bico do peito da mãe por não saber fazer a pega correta.
  • O bebê gasta muita energia sugando a chupeta, o que faz ele na hora de pegar o peito mamar menos e com o passar dos dias, isso pode influenciar na perda de peso do bebê e em uma menor produção de leite pela mãe.
  • O uso excessivo de chupeta para bebê pode prejudicar o processo de socialização da criança.

Quando é recomendado o uso da chupeta para bebê, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria?

Pode-se usar a chupeta para bebê em momentos onde o neném estiver passando por algum estresse ou procedimento que seja doloroso, como por exemplo, quando é preciso tirar sangue para exames ou na hora de tomar as vacinas. Ainda assim, nesses momentos é preferível amamentar a criança.

Quais cuidados se deve ter, caso a decisão seja oferecer a chupeta para bebê?

Caso os pais decidam oferecer a chupeta ao seu bebê, é recomendado que antes da oferta a amamentação seja estabelecida primeiro para em seguida, a chupeta ser introduzida. A partir disso, recomenda-se que o uso seja limitado até 1 ano de idade.

O que considerar na hora de escolher a chupeta para bebê?

Depois da decisão de oferecer a chupeta ao bebê, é hora de ter atenção ao tipo de chupeta que irá escolher. Além disso, considerar as características técnicas é essencial para a escolha ideal. Confira os principais requisitos a serem considerados na hora da escolha:

  • A idade recomendada: respeite sempre a faixa etária.
  • O material de fabricação: devem ser livres de BPA (Bisfenol – A).
  • Os tipos de bicos: ortodônticos ou não ortodônticos.
  • Modelos com designs seguros: além da beleza do item, preste atenção na segurança que ele oferece.

Confira a Seguir um Top 5 das Melhores Marcas de Chupeta para Bebê

1. Chupeta MAM

Chupeta perfect Mam night 6 meses Azul

Sobre este item:

  • Silicone SkinSoft, macio com superfícia texturizada e sedosa, comprovadamente aceita por 94% das crianças* Base extra fina e flexível: 60% mais fino e 4x mais flexível
  • Embalagem dupla: contém 2 (duas) unidades; silicone SkinSoft, macio com superfícia texturizada e sedosa.Acompanha prática caixa de transporte e de esterilização
Ver na Amazon

2. Chupeta Avent Philips

CHUPETA ULTRA AIR DUPLA ELEFANTE E LEAO 0 6M PHILIPS AVENT

Sobre este item:

  • Escudo em material flexível para maior conforto do bebê
Ver na Amazon

3. Chupeta Lillo

Kit Duas Chupetas Amo Papai e Mamae Silicone Lillo Azul Tam 1

Sobre este item:

  • Especialmente desenvolvidas com bordas arredondadas que permitem uma melhor acomodação ao rosto.
Ver na Amazon

4. Chupeta NUK

Kit com 2 Chupetas Dia e Noite Silicone Boy S1 NUK

Sobre este item:

  • Conforto para o dia, praticidade para a noite. Topo curvado que adapta-se ao palato e base angular para o posiocionamento da língua.
Ver na Amazon

5. Chupeta Tommee Tippee

Kit Chupeta Fun Style 6 18m Tommee Tippee Azul

Sobre este item:

  • Projetado em colaboração com especialistas em ortodontia para desenvolver a forma natural do palato.
Ver na Amazon

Perguntas Frequentes

Qual a melhor chupeta para bebê de 0 a 6 meses?

A Chupeta para bebê Ultra Air da marca Philips Avent é uma das chupetas recomendadas para bebês de 0 a 6 meses mais vendidas e bem avaliadas no site da Amazon pelos consumidores que já adquiriram o produto.

O que é chupeta ortodôntica?

A chupeta ortodôntica é produzida com um design que imita o formato do bico do peito da mãe e se adapta fácil ao movimento natural que o bebê faz com a língua durante a amamentação. Esse tipo de chupeta é o mais recomendado pelos profissionais de saúde da área, pois estudos comprovam que bebês que usam chupeta ortodôntica possuem menos chances de desenvolverem alguns problemas, como uma mordida errada, por exemplo.

Qual a chupeta mais fácil de o bebê pegar?

As chupetas ortodônticas são as mais fáceis de serem aceitas pelos bebês de acordo com a opinião de pais e especialistas. Portanto, dentre as marcas que recomendamos nesse artigo, selecione o modelo que atenda a faixa etária do seu bebê e o tipo que seja ortodôntico.

Qual a melhor chupeta para bebê de 2022?

A chupeta para bebê NUK sensitive Soft 100% Silicone é uma opção que possui todas as características que qualificam uma chupeta que oferece a melhor relação custo benefício entre os demais modelos do mercado.

Conclusão

A decisão de usar a chupeta com o bebê realmente precisa ser pautada em conhecimento sobre o produto. Espero que esse conteúdo possa te orientar quanto a possíveis dúvidas que você tenha. No entanto, recomendamos que antes de tomar a sua decisão, fale com seu médico pediatra.

Atenção: O ministério da saúde adverte que crianças que mamam no peito não precisam de chupeta, pois o uso desse item pode prejudicar o aleitamento materno.

Referência bibliográfica: Uso de chupeta: os prós e os contras

Leia Também

Image by ALEJANDRA VELASCO HERNÁNDEZ from Pixabay. Os redatores do site Chiquititos não são ligados aos fabricantes dos produtos recomendados. No entanto, publicamos links que contam com programas de afiliados. Texto protegido pela Lei de Direitos Autorais nº 9.610/98. Fica totalmente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem a devida autorização do autor. Para maiores informações, entre em contato com [email protected]com.br

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.
Sintomas de Bronquiolite em Bebê Posso usar Vick Vaporub no meu bebê? Brinquedo de Silicone Quebra-cabeça para Bebês Meu Universo 9 Alimentos Proibidos Para Bebês Até 1 Ano de Idade Como Apresentar Alimentos Alergênicos ao Bebê Kit Higiene Bebê: 10 Itens Que Não Podem Faltar Os Primeiros 12 Meses do Bebê Checklist de Exames que Toda Grávida Precisa Fazer Desfralde: o que pode dar errado e não funcionar? Intestino Preso na Introdução Alimentar? Saiba o que fazer.