O que é a Golden Hour na Obstetrícia e Neonatologia?

A hora do ouro no contexto médico está relacionada ao período crítico logo após o nascimento de um bebê.

Durante a “Golden Hour” neonatal, os profissionais de saúde se concentram em promover o contato pele a pele entre o recém-nascido e a mãe, quando possível.

Esse contato imediato e ininterrupto entre a mãe e o bebê logo após o parto é considerado crucial para o vínculo mãe-filho, a regulação térmica do bebê, a amamentação precoce e a estabilidade emocional e fisiológica do recém-nascido.

Portanto, a “Golden Hour” na obstetrícia e neonatologia se refere a esse período crítico e especial de aproximadamente uma hora após o nascimento, quando o foco está em fornecer os melhores cuidados possíveis ao bebê e promover uma conexão imediata entre a mãe e o recém-nascido- nascido.

A Golden Hour pode ser feita independente da via de parto?

A hora do ouro ou “Hora Dourada” após o nascimento de um bebê é idealmente recomendada, independentemente da via de parto.

Tanto para partos vaginais quanto para cesarianas, os cuidados durante a hora do ouro são fundamentais para o bem-estar do recém-nascido e o estabelecimento de um vínculo saudável com a mãe.

A Golden Hour Pós Parto Vaginal

Após um parto vaginal, o bebê é colocado imediatamente na pele da mãe, o que permite o contato pele a pele. Esse contato proporciona calor, conforto e promove a liberação de hormônios importantes, como a oxitocina, que estimula o vínculo entre a mãe e o bebê.

Além disso, facilita a amamentação precoce, caso a mãe deseje fazê-lo. A hora do ouro após um parto vaginal é uma oportunidade valiosa para estabelecer essas conexões e cuidados iniciais.

A Golden Hour Pós Parto Cesariana

Em cesarianas e outros tipos de partos cirúrgicos, a Hora de Ouro também pode ser realizada, embora a logística possa ser um pouco distinta. Dependendo das instruções médicas e das políticas do hospital, o bebê ainda pode ser colocado na pele da mãe na sala de cirurgia ou logo após a cirurgia, sempre que possível.

Muitos hospitais adotaram práticas para tornar isso viável em cesarianas, reconhecendo sua importância para o vínculo mãe-filho e para os cuidados iniciais do bebê.

Portanto, em ambos os casos, a hora do ouro é valorizada e recomendada, independentemente da via de parto, pois contribui significativamente para o bem-estar emocional e fisiológico do bebê e para o fortalecimento dos laços entre mãe e filho.

recém-nascido Golden Hour na Obstetrícia

Inclusive, recomenda-se que a hora dourada seja priorizada antes do primeiro banho do recém-nascido, que visa a remoção dos fluidos do parto.

No entanto, é importante lembrar que situações médicas específicas podem exigir cuidados alternativos, e a segurança da mãe e do bebê é sempre uma prioridade.

É importante lembrar que a prioridade em qualquer situação é a segurança e o bem-estar da mãe e do bebê. Embora a hora do ouro seja uma prática útil quando possível, há momentos em que as situações médicas desligam que a atenção seja direcionada para outras necessidades médicas imediatas.

Veja também: Banho do Bebê: 7 Dicas Para um Banho Prático e Seguro

Referências bibliográficas:

Observatório da Saúde da Criança e do Adolescente: Hora de ouro (“golden hour”)

Sociedade Brasileira de Pediatria: Golden hour: o que é a “hora dourada” do parto?

Imagens: Canva

Os redatores do site Chiquititos não são ligados aos fabricantes dos produtos recomendados. No entanto, publicamos links que contam com programas de afiliados. Texto protegido pela Lei de Direitos Autorais nº 9.610/98. Fica totalmente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem a devida autorização do autor. Para maiores informações, entre em contato com atendimento@chiquititos.com.br

Última atualização em 3 meses por Maria Adrielia